COVID-19: Como lavar e desinfetar equipamentos de escalada

Embora possamos estar enfrentando desafios sem precedentes devido às medidas de distanciamento social, desta vez pode ser uma oportunidade para revisar o equipamento de escalada e planejar como desinfetá-lo quando estiver usando.

Em primeiro lugar, embora a maioria dos equipamentos de escalada possam ser limpos de forma semelhante, todas as marcas recomendam a revisão das instruções específicas de cada fabricante sobre a limpeza adequada, caso contrário, não assumem qualquer responsabilidade pelos danos causados.

Claro, todos concordam que NÃO USE CLORO OU LISOL EM CORDAS OU CABOS! Bem como produtos químicos, como sais quaternários de amônio (solução diluída de amônia), detergentes ou outros métodos como o uso de ozônio, pois podem causar danos irreparáveis ​​à estrutura dos componentes. Mas, de modo geral, aqui estão algumas dicas para desinfetar equipamentos de escalada.

Em geral, recomenda-se limpar o equipamento com:

Etanol : (83% de etanol desnaturado 95%, 11,3% de água destilada, 4,2% de peróxido de hidrogênio 3% e 1,5% de glicerol) ou álcool isopropílico por no máximo 10 vezes.

Água quente : pode ser usada a 55 ° C para desinfecção não destrutiva de equipamentos de poliamida ou poliéster ou componentes de metal.

Sabonete: com pH entre 5,5 e 8,5, sendo necessário lavar o equipamento em água a 30 ° C com sabonete por pelo menos 15 minutos para matar o coronavírus.

Desinfetar o ar: o coronavírus costuma estar presente em algumas superfícies por até 72 horas após a contaminação, portanto o equipamento pode ser deixado em local ventilado e longe de todas as fontes de calor direto por pelo menos quatro dias.


Deixe uma resposta